Alimentos sem lactose: Benefícios na dieta

alimentos sem lactose beneficios na dieta

Você é intolerante à lactose? Pensa em realizar uma dieta sem os componentes da substância presentes em sua alimentação? Seja para uma ou outra situação, os benefícios são amplos. O primeiro passo, porém, é eliminar itens tais como:

  • Leite;
  • Manteiga;
  • Queijo;
  • Creme de leite;

Quais os efeitos da lactose para os intolerantes?

O açúcar contido na lactose pode causar danos ao sistema orgânico do intolerante. Além disso, as proteínas do leito são outro componente que, além de causar possíveis inflamações, também impactam no ganho de peso, tornando-o mais gordo. Outros efeitos colaterais aos quais as pessoas com intolerância estão sujeitas, são:

  • Desconforto gástrico;
  • Excesso de gases;
  • Distensão abdominal.

Benefícios da alimentação sem lactose na dieta

Embora cientificamente não esteja comprovada a redução de peso com a ausência de lactose, como no leite e seus derivados, aqueles que o subtraíram de sua dieta o componente afirmam terem perdido peso, assim como também se reduziu a sensação de inchaço abdominal.

A retirada dessa proteína da alimentação requer, em contrapartida, que outros alimentos possam equilibrar a ausência de seus nutrientes. Com isso, recomenda-se a elaboração dietética através de especialistas como nutricionistas e médicos gastrointestinais para que o paciente possa manter a saúde em ordem.

Malefícios da alimentação sem lactose na dieta

É no leite e seus derivados que estão contidos os componentes importantes para a manutenção do cálcio. Esse elemento, por sua vez, é o que mantém a boa condição dos ossos e dentes.

Ao ser retirado da alimentação sem uma orientação profissional, os efeitos colaterais podem ser imediatos. A melhor maneira de evitar o problema é adicionando enzimas lactases ao leite, antes de consumi-lo. Até mesmo cápsulas e comprimidos são opções que, antes de recorrer a elas o médico deverá ser previamente consultado.

Investigação e diagnóstico da intolerância à lactose

As taxas de pessoas intolerantes à lactose obedecem cientificamente perfis específicos, sendo que para determinados grupos, como os asiáticos, indígenas americanos e afro-americanos os índices são bastante elevados, girando em torno de 60 a 100%, ao passo que para o Norte Europeu e a população branca é de 2 a 22%.

Em via de regra, não são apenas os sintomas que auxiliam o médico a diagnosticar o paciente com intolerância à lactose. Diversos testes são realizados. Entre as opções, há as evasivas, em que se realizam procedimentos cirúrgicos para saber a dosagem de lactase e, consequentemente, se de fato a pessoa realmente é intolerante. Outra maneira de fazer a averiguação é através da medição indireta de lactose.

Independentemente de qual seja o método adotado para ser constatado a presença do problema é importante que a pessoa entenda que mesmo tendo intolerância a lactose a vida pode ser levada de maneira normal e simples.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *