O que fazer se a entrega dos móveis planejados atrasar?

o que fazer se a entrega dos moveis planejados atrasar

Ao pensarmos em comprar algum móvel para mobiliar a casa, até que parece algo simples, mas já parou para pensar em como tudo pode ficar bem complicado se a loja que você escolheu não respeitar e cumprir os direitos mais básicos do consumidor?

Quando escolhemos planejar os móveis, estamos querendo fugir do inesperado e ter tudo dentro um prazo, mas, infelizmente, uma escolha de empresa errada pode fazer o sossego virar um tormento e a entrega dos móveis planejados atrasar.

É importante estar sempre atento quando for comprar algum produto, ainda mais se tiver o valor elevado. Por isso, é mais que recomendável pesquisar no site do Procon, em sites de busca na internet ou até mesmo em site dos tribunais toda e qualquer informação que seja necessária para saber se o estabelecimento onde vai adquirir os móveis costuma cumprir com todas as obrigações de acordo com o estabelecido.

Mas somente fazer a pesquisa não é o suficiente para comprovar os direitos do consumidor, mas já é capaz de minimizar possíveis riscos sabendo se a reputação da empresa é confiável ou não.

A entrega dos móveis planejados deve estar bem visível no contrato

Apesar dos direitos e regras estarem totalmente a favor dos clientes, é cada vez mais recorrente as empresas deixarem os compradores reféns dos prazos mal calculados e pior, descumpridos por elas.

Mas medidas básicas podem ser tomadas, algumas indicadas por especialistas são: tentar ter o máximo de contato direto com quem te vendeu, procurar órgãos que defendem o consumidor e, só em último caso, acionar a Justiça.

O ideal é que o consumidor não abra mão de assinar um contrato com o estabelecimento, e nele devem estar expressas as medidas, quais são os móveis que serão fabricados e outras mais especificações, assim como prazos de entrega.

Precisa ser checado com atenção se o contrato pressupõe penalidades para ambas as partes se houver descumprimento de alguma das cláusulas estabelecidas, em especial neste caso, relacionada à entrega dos móveis planejados.

Se, por um acaso, a empresa não fornecer um contrato, o consumidor pode e deve exigir que tudo o que foi acordado conste no orçamento. Deve estar assinado não só por você, comprador, mas também deve conter a assinatura do vendedor no documento.

Mesmo se feito um acordo com a empresa e ainda assim você continuar sem seus produtos adquiridos, a quebra desse compromisso na entrega dos móveis planejados implica em uma possibilidade de entrar na Justiça e pedir o ressarcimento de indenização, em prejuízos, e dano moral.

Depois que receber os móveis, o consumidor ainda deve estar atento e verificar se o que foi combinado está sendo cumprido. Observar itens como as medidas, a qualidade dos materiais e possíveis danos nas peças; caso constate algum problema, pode se recusar a receber. Ainda, no ato da entrega, não deixe de acompanhar o responsável pela montagem, se possível tire fotos dos locais antes e depois da entrega dos móveis planejados. Toda precaução é necessária para que você não fique insatisfeito no futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *